Sobre um futuro

Em meros 20 ou 30 minutos – quem sabe em 24 horas, ainda acho que houve um lapso temporal naquele momento – eu tive uma das conversas mais complicadas dessa minha curta vida. Eu discuti ali, caminhando na beira da praia, sem nenhuma preparação – emocional, psicológica, e recapitulando, nem mesmo física – uma separação. É complicado isso, uma despedida “agendada”, saber que alguém que você ama vai partir por um tempo, e que você não faz ideia do que esse tempo pode fazer.Um ano em duas vidas. Sou a prova viva de que apenas um minuto muda tudo, não gosto de ampliar isso pra um período de tempo tão extenso. Já havia pensado sobre isso antes, e tanto lá, quanto hoje, me perguntaram o mesmo: o que você vai fazer?

*suspiro profundo*

Eu vou torcer daqui para que tudo dê certo, para que seja uma experiência excepcional, para que seja uma daquelas coisas que quando olharmos pra trás poderemos dizer: é, foi foda. E tudo isso vai ser profundamente sincero, porque é uma oportunidade incrível, dada à alguém que eu admiro e amo profundamente. 

Por outro lado eu vou sofrer muito. Sofrer a separação, as saudades, o medo inicial de como tudo vai mudar. Eu vou sofrer do jeito que já conheço, e depois, devagar, o sofrimento vai passando e a vida vai se encaminhando, com aquele consolo de que, do outro lado, alguém tá fazendo algo maravilhoso, e que talvez eu também esteja. 

Depois daquela conversa eu não pude desabar como uma parte de mim pedia. Eu quietamente derramei umas lágrimas no escuro e depois me levantei, como se nada daquilo tivesse acontecido. Agora eu tive a minha primeira real oportunidade de pensar sobre isso e chorar de verdade, estravasar a dor antecipada que me atingiu só de pensar nisso. É a tristeza mais esquisita que eu já senti essa, porque eu não acho justo me permitir ficar triste por isso, meio absurdo, egoísta, mas é uma coisa involuntária são duas partes de mim e conflito.

Mas esse momento, esse pacote emocional precisava ser posto pra fora, porque aqui está um plano para o futuro, e com ele tenho que me preocupar só amanhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s