A menina que não sabia amar

♫ I’m thinking maybe I can’t have relationships
‘Cause lately they’re not making any sense ♪

A grande verdade é que eu não sei amar. Acabo fazendo tudo errado e nem sequer sei onde errei.

Sou mais feliz quando não estou apaixonada, quando não me preocupo com alguém. Não sou do tipo que espera demais ou tem grandes idéias para o futuro, mas eu me decepciono com as coisas. Não sou muito de perdoar, mas quando amo acho que me rebaixo até o último nível existente. Na verdade, eu acho que nunca amei, apenas me prendi ao desafio, a paixão de momento, aos obstáculos. E isso me levou aos extremos que cometi, e eu juro, aquilo não se chamava amor.

Quando eu amo, fatalmente sofro. E olha que todo mundo diz que o amor é uma coisa bela… Como foi muito bem dito no filme ABC do Amor “ele roubará seu coração e te deixará sangrando no chão”.

Os orientais acreditam que o amor duradouro é aquele que foi cultivado, que foi tratado com carinho e desabrochou dentro dos corações. Mas será? Isso é mesmo possível? Se fazer amar, se fazer gostar de alguém? E talvez seja, já que minhas tentativas de criar o amor de uma recente paixão sempre acabaram frustradas. E pior, quando a paixão acaba eu sinto uma repulsa, uma coisa ruim.

No Japão eles tem formas diferentes de dizer “Eu te amo”. Daisuki para amigos e ficantes, Aishiteru para namoros sérios, e Koishiteru para aquele que você sabe que amará eternamente. Uma vez eu disse que o amor não pode ser catalogado, porque nós sequer sabemos o que ele é…. De certa forma é verdade, mas por outro lado, acho que eu sempre disse Daisuki sem notar, e me decepcionei no final.

Eu só espero poder um dia dizer Koishiteru, e ouvir isso de volta. Sem me magoar e humilhar no processo.

By:. Viih Loyer

Anúncios

8 comentários

  1. Vinícius Cortez · março 17, 2011

    Ecoou aqui. Estou quase no mesmo dilema. Desistir ou jogar sabendo que vou perder? =/

    • viihloyer · março 18, 2011

      Pois é … complicado . =/

      • Vinícius Cortez · março 18, 2011

        Acabei terminando. Ê vida! 🙂

      • viihloyer · março 18, 2011

        Pois é, eu tbm … acho que foi o melhor no fim das contas .

  2. Vinícius Cortez · março 19, 2011

    Pelo menos a gente pôde escolher. Sorte na jornada, Virgínia! 🙂

    • viihloyer · março 19, 2011

      vc tbm ….

      • Vinícius Cortez · março 19, 2011

        Não fica assim 😦
        Tem 7 bilhões de pessoas no mundo. There’s love out there!

      • viihloyer · março 19, 2011

        eu sei, mas é que as vezes parece que nenhuma delas vai servir ….
        estou meio pessimista esses dias ..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s