Então talvez…

“No fundo ainda sou toda sua” ♪

Falaram pra mim que é possível sim gostar de alguém que você não conhece pessoalmente. Eu simplesmente ri, possível gostar de alguém que você nunca chegou perto, olhou nos olhos, sentiu o cheiro. Possível gostar de alguém que você não viu as manias, as caretas ou até mesmo a forma de andar? Eu achava impossível, afinal, são essas pequenas coisinhas que mudam o simples gostar de amigo para o gostar mais especial.

Boba que eu fui!

Talvez aqui em um simples texto eu não possa te convencer que é possível. Talvez numa conversa isso também seja complicado. Na verdade acho que não há uma forma de convencer alguém sobre isso, a não ser que você viva.

Se ao menos eu soubesse definir o que sinto por ele já seria uma grande conquista.

Quando isso aconteceu? – é a pergunta que me faço todos os dias.

Gostar é mesmo uma coisa misteriosa. Eu não sei como funciona e não faço idéia do que leva a acontecer. De que forma você acaba gostando de alguém que só viu uma vez? De alguém que a única coisa que os aproxima é o som da voz?

E é por ele que meu coração acelera. As pessoas “reais” não são capazes de me causar metade do que ele causa.

O abraço mais gostoso não me acalma tanto quanto a voz dele. O beijo mais intenso não acelera meu coração tanto quanto quando o telefone toca. O olhar mais fatal não causa a metade do impacto que é descobrir que ele está on.

Não vou dizer que depois de tanto tempo, estando acompanhada e desacompanhada por ele, eu não tenha sentido nada por ninguém… Mas é diferente, pelos outros vem e passa já por ele, logo por ele insiste em ficar aqui, guardadinho só esperando por um sinal pra voltar a tona. Acho que já perdi a conta de quantas vezes escrevi pra ele. De quantas vezes me imaginei com ele.

É uma tortura sabe?! Tão perto e ao mesmo tempo tão longe. Tão intenso e ao mesmo tempo tão superficial. Tão íntimos e ao mesmo tempo tão desconhecidos.

Talvez não seja mais gostar, talvez tenha se tornado obsessão. Ou talvez eu simplesmente goste do mistério e não dele. E sendo ainda mais drástica, talvez eu só goste de saber que não posso vê-lo ou ficar com ele, e assim não terei um dia que lidar com as consequências disso.

Mas está aí, mesmo sem conhecer, sem ver, sem tocar eu gosto dele. Pode ser que acabe hoje ou amanhã, que dure pra sempre. Mas posso dizer por experiência própria que gostar do desconhecido é tão possível que chega a ser irritante. Sabe quando dizem que nada é melhor que uma boa surpresa? É mais ou menos assim, só que é tanta surpresa que você acaba ficando no escuro.

By:. Viih Loyer

Anúncios

3 comentários

  1. Angel · março 26, 2010

    Primeiro de tudo, obrigada pelo comentário lá no blog.Como deve ter notado, estou indecisa se continuo ou não rs Mas mudando de assunto, o seu post está maravilhoso, descreve bem o que é uma paixão virtual…mas ó, não desanima não sabe pq?Pq sou exemplo vivo de que pode dar certo sim, pois estou a 3 anos com o amor da minha vida e que conheci através da internet..rsrss Beijos pra ti!!!

  2. Luccas Sachinelli · junho 6, 2010

    Antes de mais nada .. Meus Parabéns você escreve muito bem, consegue se espressar muito bem com as palavras, poucas pessoas são as que conseguem com palavras passar algum sentimento. o/
    agora voltando ao assunto, já procurou ele ? talvez tudo se resolva em um simples encontro, sei que não é facil como eu gostaria que fosse, mas você não tem nada a perder ^^ … =*

    • viihloyer · junho 7, 2010

      Ah muito obrigada viu *—*
      já, na verdade eu procurei ele e ele me procurou também. O problema é que nós dois sempre desencontramos, ele é bem mais velho e é sempre ocupado.
      Mas quem sabe um dia, talvez hoje não dê certo, mas quando ambos estivermos mais velhos… quem sabe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s