Eu só queria dizer…

“O amor é como uma guerra: fácil de começar e difícil de terminar.” Ninos de Lenclos.

Eu queria dizer que estou aqui, eu sempre estive aqui. Nos dias que você estava triste, e nos que você estava feliz. Eu estava aqui quando você queria alguém pra ligar, e pra minha tristeza estava aqui quando você nem sequer lembrou-se de mim.
E o que você fez comigo? Esqueceu ou fingiu que esqueceu. Nada poderia ser pior que isso. Você poderia ter brigado, podia ter gritado. Você podia ter sorrido como nos dias alegres. Podia ter se entortado como sempre tinha que fazer pra me beijar. Você podia ter me dado um outro sermão sobre responsabilidade.Você preferiu largar de mão. E infelizmente eu ainda posso dizer que estou aqui.
E pra onde foi todo o amor? Diante daquele pequeno problema você desistiu. Eu contava com você. É difícil lutar pelo que se ama, afinal talvez você já não quisesse mais o meu amor. E então eu desisti, mas saiba que de forma alguma foi por medo de lutar. Eu desisti por não ter mais condições de sofrer.
O que o meu amor por você faz comigo? Acaba comigo, me destrói! E me faz ser eu. Faz com que eu sorria por nada. Sorrir ao lembrar de você me chamando de criança e fazendo comigo o que eu fazia com você. Lembrar que eu sempre conseguia o que eu queria. E que você me mimava.
Já me perguntaram por que eu te amo. E eu tinha uma resposta, mesmo que pareça impossível. Eu te amo por você ser exatamente como você é. Te amo porque com você é mais natural sorrir, é mais fácil respirar. Te amo porque ao seu lado é fácil sentir. Te amo pelas suas crises raivosas, pelas suas loucuras. Te amo pela sua voz, independente se dócil ou raivosa, se ao pé do ouvido ou se é gritada.
Te amo porque ao seu lado é fácil ser forte. Te amo porque por você eu crio coragem. Te amo porque um dia você me disse que o amor é um torturador. E me disse também que quem ama é masoquista porque se apaixona pelo seu torturador. E você disse que ainda assim me amava de bom grado. E te amo porque eu não sou forte o suficiente pra te odiar, nem mesmo apenas pra deixar de te amar.

By:. Viih Loyer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s