Tempo…

“Quando o vento chega e oscila o bambu, o bambu não guarda o som depois que o vento passou. Quando os gansos atravessam o lago, o lago não conserva o seu reflexo depois que eles se foram. Da mesma maneira a mente das pessoas iluminadas está presente quando ocorrem os acontecimentos e se esvazia quando os acontecimentos terminam.”

É ruim admitir quando alguma coisa acaba. Quando um acontecimento se transforma em uma lembrança. Mas é assim que as coisas são: o mesmo vento que refresca numa tarde verão, é aquele que se transforma em um furação – rimou a frase toda xD. As coisas vem e vão, o mesmo vento que trás é aquele que leva embora (lembrando que a palavra embora é formada da seguinte forma: em+boa+hora. Seria isso um sinal?)

Quando o tempo leva algo que gostamos a tristeza nos assola. Entramos no período super comum da negação. Fingimos que não nos importamos. E de que adianta? Apenas pra manchar uma boa recordação, transformar o que foi bom em um peso. Tudo dura o tempo necessário, e não é porque acabou que vamos nos deixar abater. Afinal, o tempo leva as coisas boas, mas também leva as coisas ruins. E exatamente ele que sara as feridas que deixou.

Veja o que o provérbio diz: “o coração se esvazia“. Não por simplesmente ignorar o passado, mas por se preparar para um novo começo. Quando eu li senti da seguinte forma: o bambu pode não guardar o som, mas ele ficou marcado. Uma envergadura que não estava ali antes. É assim, a vida a seu tempo nos marca e nos cura, e principalmente nos ensina.

O tempo é implacável, inevitável. Mas acima de tudo, ele é JUSTO… (mesmo que a princípio não saibamos reconhecer.)

By:. Viih Loyer.

Anúncios

12 comentários

  1. Camila · dezembro 11, 2009

    ain..adorei o nome do blog, genial!
    adorei o texto tb, realmente, as vzs é dificil aceitar mas as coisas passam, não há como parar nem voltar pke a gnt naum manda no tempo.
    até a proxima meu bem ;***

  2. V · dezembro 11, 2009

    Gostei da sua reflexão! Principalmente da citação do início, é sua ou de algum livro? Combinou muito bem com o que vc queria dizer. E me deu o que pensar hoje à noite, sério! Obrigado 🙂

    Nem preciso dizer que venho aqui mais vezes, vc já tá na lista das minhas leituras obrigatórias :DD

    • viihloyer · dezembro 11, 2009

      *—–* Obrigada, e a citação é um provérbio chinês, mas o texto é meu mesmo… vamos combinar que esses chineses são foda !

      • V · dezembro 11, 2009

        Sabe, eu acho que tem mais a ver com o fato de eles serem um povo antigo… que nem esse outro ditado:

        “A árvore, quando está sendo cortada, observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira.”

        Esse jeito de falar as coisas é de quem tem experiência 🙂

        Qq vc acha?

      • viihloyer · dezembro 11, 2009

        realmente, acho na verdade que a panciência deles é um dom raro.
        e é essa paciencia que faz com que eles consigam refletir essas coisas …]
        e realmente a experiência é muito importante ..

      • V · dezembro 11, 2009

        Tá bem… Eu tava te devendo um comentário decente depois daquilo do Twister 😉

      • viihloyer · dezembro 11, 2009

        que isso ! auhauhahuauha
        eu adorei o comentário do Twister, acho que vc num entendeu na época que eu tava ironizando,
        tipo “nem gosta” irônico, eu gosto – kkkkk

      • V · dezembro 11, 2009

        Finalmente vc se revelou heheeh

        Até mais Vihi, to acompanhando vc :*

  3. WebAr · dezembro 11, 2009

    Interessante a discussão sobre o tempo.
    A estudiosos que citam que o tempo “não existe” ou então que é apenas uma invenção do homem.
    Abraço

  4. pepsme · dezembro 11, 2009

    muito bom
    geralmente não gosto desse blogs,mas achei muito bom.
    parabens ;D

  5. joaobdr · dezembro 14, 2009

    Sempre gostei de blogs com poesias, pensamentos, etc…
    Belo nome você escolheu!
    Parabéns pelo blog, mocinha!
    Beijos!
    😉

  6. Rodz Online · dezembro 14, 2009

    Como já diria minha avó: “Não há nada que o tempo não cure”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s