Você?

Nasci para satisfazer a grande necessidade que eu tinha de mim mesmo.

Jean-Paul Sartre

Desde pequena ouço minha mãe, meu pai e outros tantos dizerem  “seja você mesma“, a principio eu não conseguia entender. De que forma eu seria outra pessoa? Depois de um tempo eu entendi, nós crescemos em um lugar tão louco, tão cheio de mudanças, expectativas e competições que somos “eus” diferentes pra se encaixar no padrão atual. E aí nós notamos quanto tempo perdemos agradando aos outros e não a nós mesmos.

É quando nós perdemos esse tempo que nos arrependemos, nos arrependemos não só por viver nas mentiras, mas sim por ter deixado o que queriamos fazer pra não desapontar os outros. Nos arrependemos por transformar a nossa vida em uma peça de teatro, onde nós somos apenas os atores principais e os diretores fazem o que querem de nós, e os espectadores é que dizem se estamos aptos a continuar com eles ou se o espetáculo deve ser cancelado.

Isso não é viver, isso é interpretar. Olhe bem e veja quantas vezes você já fez isso. Simplesmente não vale a pena, porque méritos você terá sendo o que quer, muitos mais do que sendo o que os outros querem. E no mais, já é incrível o sufuciente aguentar o mundo sendo você, sem ter medo. Seja você mesmo, a vida é muito curta pra se tentar viver sendo um outro alguém.

By:. Viih Loyer

Anúncios

10 comentários

  1. Lucas Alsil · agosto 11, 2009

    é o que há de melhor a ser feito.
    ser você mesmo !

  2. Leilane · agosto 11, 2009

    Adorei a foto! Combinou bem com o que você escreveu no post e tá certinha!
    Por isso eu sempre sou eu msm, odeio esses estereótipos que a sociedade estipula –‘

    obs: o template ta show
    bejão
    http://www.rocknaveiaaa.blogspot.com/

  3. Lígia · agosto 11, 2009

    Que texto lindo! Falou tudo em um texto relativamente curto!
    é verdade,não tem como negar,quem nunca deixou de ser você mesmo pra agradar os outros?!Ser você mesmo vai ficando cada vez mais complicado se tratando do mundo em que vivemos,como você mesmo mencionou “um lugar tão louco, tão cheio de mudanças, expectativas e competições ”
    Parabéns polo blog! adorei mesmo…espero passar mais vezes aqui e acompanhar melhor ok?
    Beijos!

  4. Valci Pessoa · agosto 11, 2009

    – Que lindo, amei seu texto e seu blog *.*
    Depois passarei com mais calma para ler outros textos

  5. Cesar · agosto 11, 2009

    Adorei seu texto,porém temos que fingir o tempo inteiro para viver em um mundo de “atores”,eu tento ser eu mesmo,mas as vezes nem dá…

    boa sorte pra vc!

  6. Nahim · agosto 11, 2009

    Bom nem sempre da para sermos nós msm, =\

  7. iti · agosto 12, 2009

    ser eu msm é tao chato…
    http://www.maquinazero.com.br/

  8. Jéssica · dezembro 7, 2009

    Adorei o texto Vihhhh!

    Realmente às vezes é meio dificil ser nós mesmos… ainda mais em momentos em que todos em nossa volta parecem estar atuando…

    Achei o seu blog! Vou ser sua fã numero 1 agora tah? Jé Sá *_*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s